SoluçõesCasesAcademiaBlogTalentosInstitucional
Varejo/Serviços

Matcon: por que investir em inteligência na pandemia

Para o comércio varejista de materiais de construção, também conhecido como matcon, nem sempre é fácil deduzir a importância dos dados de mercado para poder direcionar as vendas.

Afinal, trata-se de um segmento bastante pulverizado, em que muitos dos players são pequenos ou médios e, justamente por isso, acabam não possuindo a estrutura necessária para uma área de inteligência.

Entretanto, como aponta estudo realizado pela Sociedade Brasileira de Varejo e Consumo, essa característica está mudando nos últimos anos.

Nas últimas duas décadas, empresas internacionais começaram a ver potencial para crescerem no País, o que fez com que elas criassem redes de grande porte. Em 2020, houve crescimento de oportunidades para quem atua com este segmento.

Além de ter sido considerada um serviço essencial em alguns lugares durante a pandemia, o fato das pessoas ficarem em casa fez com que aumentasse a demanda por esses produtos e serviços.

Por outro lado, esse contexto de restrições também tornou necessária a adaptação das empresas de matcon às novas tecnologias.

O que isso tem a ver com inteligência de dados? Saiba mais abaixo.

matcon

A matcon e suas especificidades

Diferentemente de outros segmentos do varejo, um grande desafio para essas empresas é o fator logístico, uma vez que os produtos que precisam transportar não raramente são pesados e difíceis de conduzir.

Além disso, é comum que as pessoas, ao comprarem nessas lojas, consumam vários itens de uma vez só. Telhas, luzes, janelas, tintas, em suma, trata-se de um consumidor que já está determinado a fazer mudanças.

Afinal, reformas em casa costumam ser mais caras do que a compra de peças de roupas ou perfumes, o que faz com que o consumo desses produtos seja planejado (e com grande antecedência).

Mas um fator curioso em relação ao crescimento que houve nesse segmento diz respeito a muitos clientes surgirem justamente por conta de algo completamente imprevisto: a necessidade de passar um tempo indeterminado dentro de casa.

Tão inesperado quanto o prolongamento da quarentena foram as restrições para a prevenção e contenção ao vírus. Ou seja, menos circulação de pessoas nas ruas, lojas e espaços de convivência de modo geral.

Isso significa que as coisas ainda estão longe de serem uma festa para as matcons. Não por acaso, a omnicanalidade tem despontado como solução para driblar alguns grandes obstáculos.

Nova call to action

O Omnichannel e seus resultados

Algumas redes não tardaram em investir nos canais digitais para continuar estimulando o consumo em meio ao contexto da pandemia do novo coronavírus.

De acordo com informações publicadas na Propmark, o e-commerce da Telhanorte, por exemplo, cresceu 200% em 2020.

Outra empresa a obter grandes resultados com isso foi a C&C, que apenas no primeiro mês da quarentena superou as entregas da Black Friday de 2019.

Para isso, além de reforçarem o atendimento nos meios online, elas apostaram também em ações de marketing, visando incentivar as pessoas a transformarem os espaços em que moram.

As marcas, então, assumiram uma atitude mais didática ou mesmo inspiracional, de modo a fazer o público entender que poderia fazer as reformas e serviços que precisavam por conta própria.

matcon-2

Os dados e o fator geográfico

Quando se possui uma forte atuação em vendas online, as matcons – e quaisquer outros segmentos – passam a contar com um trunfo que nem sempre é facilmente obtido no mundo offline. Ou seja, os dados de seus consumidores.

Ao comprar um produto na plataforma, eles deixam informações como nome, endereço, entre outras de grande relevância para investir em estratégias inteligentes.

Com isso, é possível entender aspectos como:

  • locais onde há maior quantidade de clientes;
  • perfil de consumo do público, como renda média, faixa etária e hábtios;
  • oportunidades para atração de novos consumidores..

Sem contar no modo como ajuda a organizar a entrega dos produtos. Mas como todas essas coisas são feitas a partir de informações relativamente simples?

Acontece que, com os recursos certos, esses dados podem ser organizados e visualizados em forma de mapa digital.

Se, até alguns anos atrás, serviços desse tipo demandavam grandes esforços físicos para serem realizados, atualmente isso é facilmente realizado com ecossistemas de dados.

Assim, identificar onde existem concentrações de público consumidor se torna muito mais fácil.

E não apenas isso: com uma área de inteligência, a matcon consegue também traçar a rota que já faz para as próprias entregas, melhorando a experiência que o cliente terá, e inclusive identificar onde investir em ações de marketing para atrair mais prospects.

Em outras palavras, os dados geográficos te ajudam em todos os aspectos: identificação de público-alvo, ação para atraí-lo, redesenho de rotas de entrega.

Ficou interessado, e quer saber mais sobre isso? Confira nosso conteúdo exclusivo:

Nova call to action

Veja também

Varejo/Serviços
21.10.2021 | Por Victor Melo | 10 min

Qual a vantagem de usar dados digitais para expansão?

Descubra como ferramentas de mapeamento otimizam esse processo e aumento os resultados da sua empresa

Leia mais
Varejo/Serviços
07.10.2021 | Por Victor Melo | 10 min

Canibalizar lojas? Conheça 5 cenários e ações a adotar

Saber a distância aceitável entre duas lojas de uma mesma rede não é fácil. Saiba como a inteligência geográfica de mercado pode te auxiliar a tomar as melhores decisões quanto a isso.

Leia mais
Notícia
30.09.2021 | Por Victor Melo | 10 min

Confira os principais insights do Geotrends 2021

Leia mais