SoluçõesCasesAcademiaBlogTalentosInstitucional
Varejo/Serviços

Como abrir supermercados com análise de renda e concorrência

Descubra como o mapeamento de público-alvo e de oportunidades para abertura de estabelecimentos podem fazer toda a diferença para as redes do segmento

Saber exatamente onde e como abrir supermercados para executar um bom plano de expansão é sempre um desafio, mesmo quando se trata de grandes redes.

A diversidade de players neste segmento é bastante ampla, e as pequenas empresas constituem uma importante força concorrencial.

Por isso, saber onde estão as unidades das maiores geralmente não é o suficiente para ter dimensão de quantas oportunidades e riscos de fato haverá para o estabelecimento que você pretende colocar em um local.

Com inteligência geográfica de mercado, esses fatores são simples de serem identificados, e é possível obter resultados prolíficos durante muito tempo com eles. Saiba mais sobre isso.

como-abrir-supermercados-2

Como abrir supermercados: quais dados priorizar

Os primeiros passos para descobrir os lugares ideais para expandir unidades no varejo de alimentação consistem em elencar os fatores-chave de sucesso para a empresa.

E, para seguir adiante, é necessário ter uma base de dados robusta e precisa, como as que oferecemos na Geofusion com o OnMaps, nosso software de informações georreferenciadas que é líder no Brasil para estudos desse tipo.

Além disso, contamos também com um time de Consultoria, composto por especialistas dedicados a encontrar as melhores soluções às suas demandas, independentemente da complexidade do projeto.

New call-to-action

Com o OnMaps, você consegue visualizar em mapa digital dados sobre consumo, sociodemografia e territorialidade para as suas análises, podendo cruzá-los de diversas formas até encontrar o que precisa.

Pensando em como abrir supermercados, podemos começar considerando o cenário em que esse segmento se encontra, e assim explorar possibilidades.

Em outras palavras, é importante lembrar que se trata de um mercado que é:

  • Diverso, pois é necessário em praticamente todos os lugares do País
  • Oportuno, uma vez que teve bons resultados na pandemia, colocando-os em vantagem para crescer
  • Essencial, conseguindo acompanhar o consumidor mesmo em um cenário crítico, como o da atualidade

Quanto ao último item, convém se atentar ao fato de que, em decorrência dos efeitos econômicos causados pelo Covid-19, parte significativa da população teve sua renda diminuída e perdeu poder de compra.

Neste caso, convém dar atenção particular ao consumo nas classes D e E. Isso porque ele não apenas tende a aumentar, como, mesmo em anos passados, já compunha um público expressivo para bens essenciais. Veja mais sobre isso abaixo.

Faixa de renda: por que isso é importante

Sabendo quanto ganham, em média, as pessoas que compram os produtos de uma empresa, fica mais fácil não apenas o processo de expansão, como também a oferta de produtos, as ações de marketing, entre várias outras estratégias.

Ou seja, muita coisa pode ser planejada com mais segurança. Mas como descobrir qual a renda dessas pessoas sem cair em um abismo de cálculos complexos e infinitos?

Afinal, apenas o feeling não é suficiente para esse tipo de inferência – e nossos dados são testemunhas de que, com frequência, a percepção sobre o perfil de um local pode ser bem diferente da realidade.

Seguindo na linha de um profissional que queira saber como abrir supermercados com foco na faixa de renda D e E, conseguimos, com o uso do OnMaps, descobrir as proporções de concentração de população com esse perfil de consumo, como no mapa abaixo.

Mas mais do que isso: a ferramenta possibilita também que essa informação já seja filtrada de acordo com o potencial de consumo para a categoria de produtos de interesse do analista. Veja:

como-abrir-supermercados-mapa-1

Potencial de Consumo para produtos de Alimentação no Domicílio na faixa de renda entre D e E

Neste caso, consideramos o mix de ofertas relacionados a varejos do ramo alimentício, como leites, carnes, ovos, panificados, tubérculos, entre outros.

Isso porque são itens comprados geralmente em hiper, super e mini mercados, atacados ou atacarejos, com o objetivo de serem preparados em casa.

As partes mais escuras são as que possuem maior resultado a partir do cruzamento do potencial de consumo para esses itens em conjunto com o perfil de comprador que estamos buscando. Já as mais claras, correspondem aos resultados menores.

Dependendo da necessidade da empresa, tanto o OnMaps quanto nosso time de Consultoria conseguem entregar informações sobre produtos específicos com ainda mais granularidade, sob demanda.

Quanto à faixa de renda, em nossas soluções consideramos, atualmente, o que corresponde aos domicílios nos quais as pessoas ganham até R$ 1.275 mensais.

A partir disso, conseguimos então focar apenas nas regiões onde é mais provável de obter retorno conforme o público que desejamos.

como-abrir-supermercados-3

Ainda mais preciso: como cruzar dados relevantes

Essas informações a respeito da faixa de renda são filtráveis também para quaisquer outras que forem do interesse do profissional.

Afinal, determinadas redes podem ter predominância de um público com poder aquisitivo um pouco mais alto, ou mesmo que esteja entre as populações mais abastadas de determinada região.

De qualquer forma, a partir da identificação dos territórios onde ele se concentra, é possível ser ainda mais minucioso no estudo. Observemos, por exemplo, nossas principais regiões de interesse:

como-abrir-supermercados-mapa-2

Maior intenção de consumo para alimentação no domicílio nas faixas de renda D e E

A partir delas, há ao menos nove possibilidades de caminhos a serem traçados – a maior parte deles indicando investir no varejo alimentar nas periferias.

Justamente por conta dessa amplitude de oportunidades iniciais é que os critérios de sucesso da empresa são tão importantes. Levando isso em consideração, decidimos portanto dar uma olhada, ainda que panorâmica, na concentração de concorrentes.

Filtramos então na ferramenta os hiper, super e minimercados que realizam operações com cartão de crédito a partir de sua atividade econômica.

Assim, logo se tornou perceptível que as microáreas com mais oportunidades para o público que teríamos em vista seriam o Morumbi, o Parque do Carmo e Cocaia, conforme mostrado abaixo.

como-abrir-supermercados-mapa-3

Concentração de hiper, super e minimercados nas áreas de interesse

Dados x feeling: uma escolha não muito difícil

Ao entrar em escalas cada vez mais granulares, é comum que algumas questões surjam. Por exemplo, por que o Morumbi está entre os territórios com maior potencial para alimentação no domicílio entre as faixas de renda D e E?

Isso ocorre porque se trata de uma área com grandes diferenças de populações, e às quais sempre vale a pena observar minuciosamente.

Um dado de grande utilidade para esse tipo de observação é o setor censitário, que realiza um mapeamento no qual cada de suas geometrias abrange cerca de 300 domicílios.

Abaixo, mostramos a renda média desses setores de uma parte específica do Morumbi, e é notável a convivência lado a lado entre as faixas, o que, portanto, influencia na média ponderada obtida no mapa anterior.

Por um lado, os tons mais escuros indicam onde há maior poder aquisitivo. Por outro, é justamente nas áreas mais opacas que os concorrentes decidiram se localizar.

como-abrir-supermercados-mapa-4-morumbi

Concorrência e renda média no Morumbi por setor censitário

Mas será que em toda a cidade de São Paulo é assim? Para saber como abrir supermercados – ou quaisquer outros estabelecimentos – nos lugares certos, comparar áreas se torna inevitável.

Portanto, consideremos o Parque do Carmo, outra região com notável potencial no município. Fazendo a mesma filtragem, aspectos relevantes podem ser observados.

Além de não ocorrerem nuances tão significativas entre as faixas de renda, a presença da concorrência parece um pouco mais dispersa. Em outras palavras, existem oportunidades.

como-abrir-supermercados-mapa-5-parque-do-carmo

Concorrência e renda média no Parque do Carmo por setor censitário

Com essas análises, já é de se supor em qual das duas microáreas talvez valesse mais a pena abrir uma nova unidade de supermercado.

Entretanto, muitas perguntas continuam bastante significativas: será que o Morumbi não seria, de fato, a região mais propícia, devido à circulação de pessoas ao redor?

Para alguns players, talvez. Para outros, nem tanto. Tudo depende do que a sua empresa precisa. Neste sentido, ela pode se beneficiar de aspectos como:

  • Estabelecimentos no entorno que potencializam o fluxo no entorno
  • Concentração de público-alvo com as características ideais
  • Menor presença de concorrentes

Entre inúmeros outros que estão relacionados aos fatores de inteligência geográfica de mercado.

Nesta análise, mostramos um pouco dessa imensa quantidade de fatores possíveis. Mas possuímos ainda muitos outros materiais exclusivos para te ajudar a descobrir como abrir supermercados com precisão e profundidade.

Quer saber mais sobre isso? Sugerimos que você comece acessando esse aqui:

New call-to-action

Veja também

Varejo/Serviços
22.07.2021 | Por Victor Melo | 10 min

Mapeamento de mercado: por que comparar diferentes variáveis no varejo

Renda média, potencial de consumo ou tráfego do entorno? Descubra como esses dados impactam nas suas análises

Leia mais
EnsinoFinanceiroImobiliárioIndústria de Bens de ConsumoMídia OOHSaúde/SeguradoraVarejo/Serviços
15.07.2021 | Por Victor Melo | 15 min

Análise de mercado: descubra 7 aplicações para diferentes segmentos

Seja no varejo, na indústria ou em serviços, dados de inteligência geográfica possuem alto impacto nos resultados das empresas. Veja como!

Leia mais
Ensino
01.07.2021 | Por Victor Melo | 10 min

Descubra 3 estratégias para captação de alunos com dados geográficos

Saiba como a inteligência de dados auxilia a encontrar os perfis mais aderentes à sua IES

Leia mais