SoluçõesCasesAcademiaBlogTalentosInstitucional
EnsinoFinanceiroImobiliárioIndústria de Bens de ConsumoMídia OOHSaúde/SeguradoraVarejo/Serviços

Análise de mercado: descubra 7 aplicações para diferentes segmentos

Seja no varejo, na indústria ou em serviços, dados de inteligência geográfica possuem alto impacto nos resultados das empresas. Veja como!

Em um trabalho de inteligência, são inúmeras as possibilidades de fazer uma análise de mercado para ter mais segurança na tomada de decisão.

Tudo depende das necessidades do negócio e do segmento de atuação da empresa que contrata esse tipo de serviço.

Quando se trata do uso desse conhecimento em conjunto com informações geográficas, uma aplicação comum, principalmente para grandes empresas, é para expansão de redes de varejo.

Entretanto, isso não se restringe apenas a esse segmento e estratégia. Existem empresas que fazem mapeamentos para localização de público-alvo aderente aos seus planos de serviços, agências que procuram os melhores pontos para divulgação, e assim por diante.

Independentemente do foco do negócio, portanto, existe sempre uma solução baseada em dados geográficos que auxilia na identificação do caminho para atingir os objetivos desejados.

Mas, para isso, é necessário ter recursos com uma rica base que viabilize esse planejamento com precisão. É o caso do OnMaps, nosso software líder em inteligência geográfica, que concentra milhares de informações de fontes públicas e privadas.

Outro caminho é por meio de estudos contratados via Consultoria, serviço que também oferecemos garantindo a maior expertise para demandas complexas e pontuais.

E de que forma isso impacta nas diferentes atuações do mercado brasileiro? É o que mostraremos neste post.

New Call-to-action


1. Análise de mercado por potencial no varejo

Um dos estudos mais comuns realizados, principalmente por redes varejistas, consiste na identificação de locais com maior perfil de público propenso a consumir determinados produtos de interesse.

Por exemplo, um supermercado pode querer saber onde valeria mais a pena abrir uma loja que contivesse um açougue em seu interior. Desta forma, procuraria por lugares onde as pessoas estariam mais dispostas a comprar carnes, vísceras e pescados.

O profissional incumbido de encontrar o melhor ponto para essa expansão talvez tenha até mesmo algum município em mente. Abaixo, ilustramos uma situação como essa, pegando como referência a cidade de Belo Horizonte, em Minas Gerais.

Os tons mais escuros indicam onde há maior potencial de consumo para a categoria de produtos em questão – enquanto os mais claros mostram as microáreas em que isso é menor.

analise-de-mercado-potencial-de-consumo-bh-cortado-onmaps-min

Microáreas com maior Potencial de Consumo para Carnes, vísceras e pescados em Belo Horizonte – MG


2. Captação de alunos para instituições de ensino

Outro uso recorrente de ferramentas como o OnMaps em análises de mercado é para captar estudantes com o perfil mais aderente a escolas ou universidades.

Isso porque, além da intenção de se matricular em uma instituição, vários outros fatores também influenciam na decisão do possível aluno, como o custo da mensalidade e a proximidade de outros estabelecimentos que farão parte do dia a dia dele.

Neste caso, é interessante pensar em lugares específicos aos quais as pessoas precisam se direcionar com frequência: bancos, supermercados, lojas de conveniência, farmácias, academias de ginástica, entre outros.

Devido a todo esse fluxo que acaba ocorrendo no entorno desses estabelecimentos, eles são chamados de polos geradores de tráfego.

Saber onde eles estão posicionados é de grande utilidade não apenas para a captação, mas também para tomada de decisão a respeito do melhor ponto para expansão de redes de ensino.

Mas mais do que isso, esse é um dado tão potente que diferentes setores fazem esse estudo para direcionamento de estratégias. No vídeo abaixo, contamos um pouco mais a respeito:


3. Estudo sobre renda para setor imobiliário

Além do setor de ensino, as incorporadoras também são exemplos de empresas que precisam pensar na renda média de seus clientes.

Afinal, assim como o estudante avalia a mensalidade que irá pagar ao longo dos próximos anos, também um possível morador ou empreendedor procura calcular a viabilidade de seus planos.

Entender essas perspectivas é importante para ofertar o imóvel certo ao contratante certo. Será que as regiões vistas como mais propícias a uma determinada venda de fato trarão o melhor resultado?

Realizando uma análise de mercado com o OnMaps, é fácil de descobrir. Isso porque, a partir de dados públicos e privados, o usuário descobre não apenas a renda média por local, mas ainda a dinâmica dele.

É o caso do mapa abaixo. Utilizando a ferramenta, buscamos entender a renda média domiciliar por setor censitário no entorno do Parque Farroupilha, situado em Porto Alegre – RS.

Junto a isso, identificamos também os polos geradores de tráfego, sem distinguirmos por tipo de estabelecimento, os quais representamos em estrelas amarelas no mapa.

À primeira vista, já é possível notar o quanto alguns trechos têm a tendência a atraírem maior fluxo de pessoas do que outros.

Esse é um primeiro passo para cruzamento de renda com fatores relacionados aos hábitos da população local. Mas outros indicadores, como a População Economicamente Ativa durante o Dia, também são de grande utilidade para o segmento.

analise-de-mercado-mapa-onmaps

Cruzamento de renda e polos geradores de tráfego próximos ao Parque Farroupilha, em Porto Alegre – RS


4. Prospecção de PDVs no segmento financeiro

E por falar em diferenciar os interesses de clientes que são pessoas físicas daqueles que decidem como jurídicas, também as empresas de meios de pagamento usam a inteligência geográfica em análises de mercado para esse tipo de prospecção.

Para isso, elas elencam os segmentos que são interessantes de atrair para sua carteira de clientes e, em poucos cliques, mapeiam os territórios com maior concentração deles.

Podemos pegar como exemplo os bares e discotecas, que são potenciais consumidores para máquinas de cartão de crédito.

Além de descobrir onde eles estão localizados, o OnMaps permite que o estudo em questão foque em áreas específicas, como na imagem abaixo, em que decidimos filtrar apenas no centro da cidade do Rio de Janeiro:

analise-de-mercado-mapa-onmaps-2

Bares e discotecas no centro do Rio de Janeiro – RJ


5. Análise de ponto para divulgação OOH

A versatilidade de ferramentas como o OnMaps permite que sejam feitas análises de mercado não apenas de um território inteiro, mas também a partir de pontos específicos.

Isso é o que fazem as agências de mídia out of home, que precisam avaliar quais os melhores lugares para investir em um anúncio.

Além da identificação de locais onde existe maior potencial para compra de determinados produtos e serviços – como vestuários, alimentação, habitação etc -, elas ainda avaliam a circulação de pessoas no entorno.

Assim como os polos geradores de tráfego, também a População Economicamente Ativa que frequenta o local por dia auxilia a entender esses aspectos.

Na imagem abaixo, mostramos a facilidade que é extrair essas informações. Utilizando a latitude e a longitude de um ponto de ônibus na avenida Brigadeiro Faria Lima, em São Paulo, fizemos a georreferenciação no OnMaps para o estudo do ponto.

Então, identificamos os CEP5 – isto é, conjunto de logradouros que têm em comum os cinco algarismos iniciais – e obtivemos relatórios práticos com esses dados sobre o entorno:

analise-de-mercado-pea-dia-gif-cortado-onmaps-min

Relatórios sobre o entorno de ponto de divulgação na avenida Brigadeiro Faria Lima, em São Paulo – SP


6. Indicadores de interesse em planos de saúde

Mas os usos da inteligência geográfica para análises de mercado estão longe de se restringir aos cinco que já elencamos.

Assim como é possível descobrir o quanto as pessoas pretendem gastar com produtos, também é fácil de filtrar o potencial de consumo para contratação de determinados serviços, como os de planos de saúde.

Se, para algumas empresas e segmentos, a renda média é um fator significativo para o sucesso de suas estratégias, compreender a diferença entre o poder aquisitivo de uma população e a intenção de gastos também é determinante em diversos casos.

Isso é evidente na representação abaixo, no município de Goiânia (GO). Nela, os locais em que as pessoas mais pretendem gastar com planos de saúde estão postos em tons escuros, enquanto os números indicam a renda domiciliar.

Nota-se que as microáreas com maior potencial não são necessariamente as mais abastadas, ou mesmo as situadas nas áreas centrais da cidade.

Isso porque, em uma análise de mercado desse tipo, o perfil de habitantes e frequentadores de um território e a dinâmica da região são de grande relevância para esses indicadores.

analise-de-mercado-mapa-onmaps-3

Renda domiciliar x Potencial de consumo para planos de saúde em Goiânia – GO

7. Entendimento de entorno de PDVs para indústrias

Por fim, também o setor industrial utiliza dados como esses para prospecção de PDVs que tenham interesse em vender seus produtos.

Um uso comum disso consiste em mapear as que fazem parte de determinado segmento – algo similar ao caso das redes de meios de pagamento.

No entanto, outra estratégia pode ser importar uma base de dados interna com endereços dos pontos de venda que já fazem parte da carteira de clientes para entender características em comum.

Ou seja, identificar se eles ficam em locais com faixa de renda específica, se estão em territórios com menos ou mais concorrência, e assim por diante.

Neste exemplo, pensando em uma indústria de alimentos que queira entender a alta performance de restaurantes específicos situados na Bela Vista, em São Paulo -SP, delimitamos uma área de estudo a partir dos CEP5 no entorno.

Além da representação, conseguimos extrair relatórios com diversos dados referentes a esse território:

analise-de-mercado-mapa-onmaps-4

Estudo de entorno a partir de importação de base em Bela Vista, São Paulo – SP

analise-de-mercado-relatorio-cortado-onmaps-min

Relatórios extraídos de área de estudos via OnMaps


A partir desse processo, é possível fazer uma análise de mercado rica e capaz de contemplar variáveis como:

  • Hábitos de consumo da população residente no entorno desses PDVs
  • Perfil dos habitantes, considerando aspectos como escolaridade e faixa etária
  • Intenção de compra para diversas categorias de produtos, além das já elencadas

Com isso, o profissional de inteligência dessa indústria poderia espelhar essas características em outros lugares com perfil igual ou similar, encontrando oportunidades em qualquer um dos mais de 5.500 municípios do Brasil.

Gostou, e quer saber mais sobre como o OnMaps pode auxiliar sua empresa a mapear os territórios mais promissores ao negócio? É só acessar esse material exclusivo:

New Call-to-action

Veja também

Varejo/Serviços
21.10.2021 | Por Victor Melo | 10 min

Qual a vantagem de usar dados digitais para expansão?

Descubra como ferramentas de mapeamento otimizam esse processo e aumento os resultados da sua empresa

Leia mais
Varejo/Serviços
07.10.2021 | Por Victor Melo | 10 min

Canibalizar lojas? Conheça 5 cenários e ações a adotar

Saber a distância aceitável entre duas lojas de uma mesma rede não é fácil. Saiba como a inteligência geográfica de mercado pode te auxiliar a tomar as melhores decisões quanto a isso.

Leia mais
Notícia
30.09.2021 | Por Victor Melo | 10 min

Confira os principais insights do Geotrends 2021

Leia mais